fbpx

REDEFINA-SE!

Como seria se, invés de você sentir-se sufocada e prestes a uma crise de ansiedade, você conseguisse sorrir docemente e encarar desafios com resiliência, boa vontade, compaixão, coragem?

Por Bianca Pagliarin

Como seria se, invés de você sentir-se sufocada e prestes a uma crise de ansiedade, você conseguisse sorrir docemente e encarar desafios com resiliência, boa vontade, compaixão, coragem?

 É hora de refletir, esclarecer e então redefinir o que merece seu foco e energia daqui em diante! 

Por isso, te convido a definir seus valores, a fim de desenvolver a sua prática pessoal de autoconhecimento e auto gerenciamento emocional e comportamental, exercitando as habilidades essenciais para alcançar plenitude. 

Você pode viver essa vida com felicidade e sucesso, em alinhamento com o que o Criador te chamou para SER nesta Terra, isto é, o reflexo do Amor manifesto numa vida abundante, apesar dos desafios (que você vencerá com graça e sabedoria). 

“A inversão de valores é tão absurda que, hoje em dia, buscar crescimento espiritual parece uma coisa fútil… Mas não se iluda nem se deixe enganar: é o melhor que você pode fazer por você, pelas pessoas que ama e por seu propósito de vida.”

A espiritualidade não é vã, não é alienação nem perda de tempo, muito pelo contrário: nutrir esse aspecto tem em si uma parte importantíssima, capaz de trazer ganhos poderosos em todas as demais áreas da vida. Só que, para a maioria das pessoas a espiritualidade é deixada num segundo plano, quando não acaba esquecida pelos atropelos, correrias e canseiras do dia a dia.

Contudo, cada vez mais pessoas tem descoberto o poder de um relacionamento pessoal com Deus, e entenderam que só crendo em um Propósito maior é possível encontrar a resposta para a insatisfação do mundo material em que vivemos.

Como o Mestre Jesus disse: Quem procura, encontra. Se você procura e insiste nessa busca, encontra finalmente o equilíbrio equilíbrio, a partir da sua dedicação intencional em passar pelo desconforto de mudar o que tem que ser mudado.

Acredite, eu passei por tudo isso. Eu era uma viciada em drogas pesadíssimas, eu tentei de todo o modo curar minhas feridas que nem sempre compartilho por exporem pessoas que amo demais e que não fizeram por maldade, muito menos intencionalmente, e que não são as razões dos problemas que enfrentei com álcool, drogas, vícios na comida, carência, ciúmes, etc… Não é justificativa, é apenas o que explica. Não justifica, mas explica. Mas e aí, o que fazer? Viver se vitimizando porque viu pessoas importantes em sua formação se mostrarem negligentes, incoerentes, insensíveis ou decidir perdoar e seguir um caminho de autotransformação e ressignificação?

 

Eu fiquei, hoje, com a segunda opção (embora nem sempre tenha sido assim).

Aceitar com compaixão os erros do outro me fez aceitar com compaixão os meus próprios erros, e não só isso: me deu a garra para arregaçar as mangas, mudar, e estender esses braços para o próximo, fazendo de vidas restauradas a minha visão de futuro, o significado da minha vida aqui.

Então acredite em mim: quando você dedicar parte do seu tempo ao cuidado do espírito, através da meditação, da leitura espiritual, da modificação interior e do serviço aos outros, independentemente da forma que este assume, sua mudança vai naturalmente acontecer.

Você vai sentir-se, a cada dia que passa, mais presente e mais disposta a mudar nas atitudes consigo e com o outro, seja na própria família, no trabalho, nos encontros de natureza social, no ambiente virtual.

Isso é o que chamo de ascensão espiritual e tem o potencial para acontecer dentro de cada um de nós, no nosso interior. Este blog tem como proposta abordar temas relacionados ao desenvolvimento pessoal. Espero que você goste e que volte mais vezes.

Sinta meu carinho e acolhimento, fique com Deus, se cuide e até a próxima.

Sinta meu carinho e acolhimento, fique com Deus, se cuide e até a próxima.