Feliz e Fora da Caixinha

Escrever o meu primeiro livro e lançar por uma editora é parte de um sonho de infância, mas confesso que não era a história que eu pretendia compartilhar com as pessoas quando, ali pequenina, eu pensava em ser escritora.

Minhas escolhas me levaram a uma série de situações que geraram trauma, confusão espiritual, medo, vergonha.

Para escrever o livro, eu confesso que, especialmente quando compartilho o processo de me envolver com um mundo de trevas, meu coração apertava, eu chorei muito, precisava parar, beber água e só depois de uma pausa conseguia continuar.

Existe uma metodologia que baseia cada etapa do Livro.

O objetivo do Feliz e Fora da Caixinha é muito maior do que simplesmente narrar uma autobiografia (se assim fosse, inclusive, teria muito mais para contar, mais histórias tristes ou erros para relatar, e seria um livro para aqueles gostam de chorar quando lêem).

Porém, minha história de vida resumida aqui, especialmente nos primeiros capítulos, contribuem para trazer ao leitor visão e desejo de encarar as mudanças necessárias em sua própria jornada.

Ter chegado ao fundo do poço me levou a uma intensa busca por crescimento e transformação, porque era isso ou a morte (mesmo que fosse a morte de um futuro com significado).

PROPÓSITO, RESSIGNIFICAÇÃO E VISÃO

Quando você decide assumir sua jornada, suas dores, sua própria história, incluindo suas falhas e tropeços, está abrindo espaço para que essa dor transforme-se em lição de vida – para você e para muitas pessoas.

Dar sentido ao que lhe gerou tanta vergonha ou sofrimento tem nome, guarde essa palavra! RESSIGNIFICAÇÃO.

Foi isso que vivi. Escrever o meu primeiro livro e lançar por uma editora é parte de um sonho de infância, mas confesso que não era a história que eu pretendia compartilhar com as pessoas quando, ali pequenina, eu pensava em ser escritora.

Minhas escolhas me levaram a uma série de situações que geraram trauma, confusão espiritual, medo, vergonha.

Para escrever o livro, eu confesso que, especialmente quando compartilho o processo de me envolver com um mundo de trevas, meu coração apertava, eu chorei muito, precisava parar, beber água e só depois de uma pausa conseguia continuar.

Existe uma metodologia que baseia cada etapa do Livro, onde antes de tirar o leitor da caixinha, o conduzo a reconstruir memórias e validar a criança que foi, em fases onde crenças limitantes foram iniciadas. Traduzi uma das matérias que embasa algumas ferramentas iniciais do livro neste post. 

Embora eu cite fatos da minha vida e meus tantos equívocos e confusões, o objetivo do Feliz e Fora da Caixinha é muito maior do que simplesmente narrar uma autobiografia (se assim fosse, inclusive, teria muito mais para contar, mais histórias tristes ou erros para relatar, e seria um livro para aqueles gostam de chorar quando lêem).

Porém, minha história de vida resumida aqui, especialmente nos primeiros capítulos, contribuem para trazer ao leitor visão e desejo de encarar as mudanças necessárias em sua própria jornada.

Ter chegado ao fundo do poço me levou a uma intensa busca por crescimento e transformação, porque era isso ou a morte (mesmo que fosse a morte de um futuro com significado).

Conheça o meu livro

Feliz e Fora da Caixinha
CONTEÚDO DOS QR CODES

Cada capítulo escrito possui, ao final, uma ferramenta emocional e espiritual Adquira o Livro no Site da Amazon ou nas melhores livrarias

O que os leitores estão dizendo:

Disponivel nessas lojas

Quem eu sou?

COMUNICÓLOGA, ESCRITORA, MINDSET SPIRITUAL COACH, PALESTRANTE

Resposta formal: Treinadora especialista em transformar mentalidades através de práticas espirituais, possuindo formações diversas, faculdade de Comunicação, com pós-graduação em neurociência e comportamento.

Resposta informal: Sou uma mulher que venceu a dependência química no crack, mas que entendeu que o vício mais difícil de se largar era a mentalidade presa nas crenças limitantes.

Depois de 20 anos aprendendo a sair dessa caixinha, hoje posso garantir que estou preparada para tirar quantas pessoas eu puder de uma vida cheia de limitações e auto sabotagem.

Quem sou hoje é prova de que podemos vencer e reconfigurar programas mentais e padrões inconscientes aprendidos na infância, com ferramentas fundamentadas na espiritualidade (não religiosa), para viver da melhor forma e manifestando aquilo que viemos para ser neste mundo.

Por onde já passei

novo-logo-da-globo-2021-removebg-preview-removebg-preview.png
logo-sbt-512.png
LOGO_GNT_07 (1)
Facebook-Post-91-x-53-1-150x150-1.png
Facebook-Post-91-x-53-2-150x150-1.png
logo-sg.png
Facebook-Post-91-x-53-3-1-150x150-1-1.png
Facebook-Post-91-x-53-4-1-150x150-2.png

Você quer fazer as ferramentas
pessoalmente ou online comigo?

você é melhor que sua melhor desculpa

Reproduzir vídeo
blog

CUIDE DA SUA
CRIANÇA INTERIOR

A criança interior não é uma criança literal, mas trata-se de um “pequeno você” que vive em seus pensamentos, em seu jeito de agir, de reagir e de sentir a vida. 

blog

GLÂNDULA PINEAL E A ESPIRITUALIDADE

Considerar a glândula pineal como um elemento maligno: será isso uma blasfêmia contra o Espírito Santo? Tudo em nosso corpo foi criado por Deus para nos proporcionar esse relacionamento real com Ele que transcende os limites do corpo.