blog

CUIDE DA SUA
CRIANÇA INTERIOR

A criança interior não é uma criança literal, mas trata-se de um “pequeno você” que vive em seus pensamentos, em seu jeito de agir, de reagir e de sentir a vida. 

O que mais vem à sua memória quando você pensa em sua infância?

Antes de mensagens negativas causarem o estrago que causam,  quando somos crianças fazemos muitas coisas por um único principal objetivo: brincar. Não fazemos por obrigação, nem por raiva, nem para mostrar para alguém isso ou aquilo… Também não existe a busca tóxica por agradar, também não sentimos necessidade de oprimir nossos sentimentos ou pensamentos. Isso vem com o tempo. Você vai se lembrar: quando era criança, você só queria… brincar.  Hoje, em sua vida adulta, eu te pergunto: quando foi a última vez em que você fez algo simplesmente porque o faria sentir-se divertida, porque te faz feliz.

“Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de experimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus.”(Romanos 12:2)

Você já teve a sensação de que está vivendo uma vida que você não gosta, experienciando situações que te desagradam mas, você sente como se não pudesse evitar? Sente que há algo mais forte do que você que te leva a essas experiências há muito tempo?

Se você se sente assim, você tem razão. Se está acontecendo é porque esta é a vida que você tem decidido viver todos os dias, e toda a autossabotagem dessa vida vem das convicções que você pensa serem as únicas verdades para sua jornada – e a maior parte dessas certezas que você carrega em seu subconsciente vem da sua infância. O que tem conduzido a sua vida e te trazido todos os seus resultados, em todas as áreas da sua vida, são as suas crenças.

Mas eu já quero aqui te dar uma boa notícia, e um bom motivo para ler este artigo até o final: está dentro de você a força e a capacidade para mudar isso a partir de agora, através da renovação da sua mente.

Neste artigo eu vou te explicar o que são crenças, de onde elas vêm e como reprogramá-las para viver a vida que Deus sonhou pra você e que você merece viver.

O que são crenças e onde elas nascem?  Atividades criativas como colorir, rabiscar ou pintar também podem ajudar.  Quando você deixa sua mente ativa descansar, emoções que você geralmente não considera podem vir à tona em sua arte, através das pontas dos dedos.

 Algumas dessas emoções podem estar ligadas a partes enterradas ou esquecidas do eu, como sua criança interior.

“Crenças são programações mentais, sinapses neurais, adquiridas como aprendizados ao longo do tempo, que determinam comportamentos, atitudes e resultados de vida.” (Paulo Vieira).

Assim, as suas crenças são aprendizados que você adquiriu ao longo da vida e que inconscientemente foi absorvendo e arquivando em sua mente.

Desde que crianças fomos ensinados a acreditar em coisas que pessoas do nosso convívio nos disseram e que pautam a nossa vida até hoje.

Talvez você nem se lembre mais de onde surgiu a crença de que você não é capaz de fazer nada do jeito certo; a crença de que você nasceu em uma família de pessoas muito simples e que a sua vida será eternamente simples e escassa; talvez você nem saiba de onde vem o ímpeto de romper um relacionamento ou algo que esteja te fazendo feliz mas que de repente você se sabota e volta a estar infeliz, ou ainda crenças de medo que te aprisionam e te impedem de ousar, de expandir a sua consciência e descobrir coisas incríveis.

E todas essas crenças nasceram quando você era criança. Quando seus pais, talvez por falta de conhecimento e sabedoria, disseram essas coisas à você. 

E por serem pessoas a quem você amava e admirava, você tomou essas palavras como verdades e a sua vida inteira vem se baseando em crenças que invalidam a sua identidade, que põe em questão a sua capacidade e o seu merecimento, e que desvalorizam quem você é.

Por conta dessas crenças você se esqueceu de quem você era, do que você gostava, os sonhos que tinha. E hoje você vive uma vida da qual não tem orgulho nem sente satisfação.

Você está se identificando com alguma dessas situações?

Se sim, eu quero te dizer que há maneiras de reverter essa situação e se libertar das amarras que essas crenças produziram e que as respostas para as suas questões estão dentro de você, estão na criança que ainda vive, mesmo que adormecida, dentro de você.

E eu falo da criança primeiro, porque é quando criança que as crenças são formadas, e segundo porque há coisas que não envelhecem dentro de você com o passar dos anos.

Existem sonhos que surgiram quando você era uma criança que imaginava, e já se via realizando as imagens da sua imaginação.

Porém, com o passar dos anos todos nós perdemos o hábito de imaginar porque acreditávamos que isso era coisa apenas de criança.

Mas a Bíblia afirma em Provérbios 23:7  que: “assim como o homem pensa em seu coração, assim ele é.” Portanto, nós temos ainda a capacidade de imaginar, e Deus, não apenas valida essa capacidade, como a incentiva.

No versículo de Romanos que inicia este texto, as  escrituras afirmam que nós podemos ser transformados pela renovação da nossa mente. Ou seja, mais uma vez a bíblia já atribuía à nossa mente a capacidade de transformar a nossa realidade.

E hoje, com o avanço da ciência e da neurociência, essas palavras se confirmam, uma vez que os diversos estudos nessa área comprovam que o cérebro humano não distingue o que é real do que é imaginação .

Com a ajuda da tecnologia, é possível identificar quais áreas cerebrais estão sendo ativadas de acordo com o teor do pensamento e do sentimento dos indivíduos.

Com isso, podemos transformar a nossa realidade a partir da mudança das nossas crenças e, consequentemente, dos nossos sentimentos.

Como ressignificar as crenças?

A partir do que já afirmei à você neste texto, eu quero propôr que você reflita agora e responda para si: 

  • No que você tem acreditado?
  • Quais são os sonhos que estão enterrados dentro de você?
  • Quais são as limitações que você tem imposto à sua vida?
  • Como você tem pensado sobre si mesmo?

Não importa o que aconteceu no passado, você pode produzir frutos de sucesso em todas as áreas da sua vida.

A bíblia afirma em Jó 14:7 quê: “Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos.”

Assim é a sua vida. E partem de você as atitudes para mudar ou para permanecer vivendo uma vida que não é a que você veio aqui para viver.

Por isso, mais uma vez eu quero perguntar: você está disposto a pagar o preço para transformar a sua vida e realizar seus sonhos?

Se a sua resposta for sim, existem alguns passos a serem dados. São eles:

  • Transforme a sua comunicação – se você comunica tristeza e desânimo, automaticamente o seu cérebro produz uma química congruente com a sua comunicação. Portanto, ainda que não queira sorrir, sorria! Comunique que você está bem, está feliz e o seu cérebro produzirá hormônios que te levarão a se sentir dessa forma;
  • Preste atenção em seus pensamentos – lembra do que eu falei sobre a imaginação e o que a bíblia fala em Provérbios 23:7? Assim como você pensa, você cria! Além disso, pensamentos levam a sentimentos e consequentemente a ações. Então, para transformar a sua realidade, cuide do que você pensa e sente;
  • Defina qual é a característica que você tinha quando criança ou jovem e que você vai reativar – se você era alegre e hoje é triste, se era sonhador e hoje acredita que sonhar é bobagem. Isso continua dentro de você. Resgate essa característica;
  • Creia que o seu valor está em quem você é, não no que você faz e no que você tem – não seja uma pessoa viciada em fazer e em adquirir coisas para mostrar o seu valor. Você é uma criação de Deus, um sonho de Deus. Por isso, nada é mais importante do que quem você é;
  • Desenvolva a autocompaixão – não se vitimize nem se cobre tanto acerca da sua trajetória de vida. Lá atrás você não sabia o que você sabe hoje. Por isso hoje você tem a oportunidade de fazer melhor;
  • Relacione-se com pessoas jovens – o chamado contágio social faz com que você se lembre de forma mais natural de como você era, e isso contribuirá para o seu resgate de sonhos e sentimentos;
  • Atenção plena  – estar plenamente presente a tudo que você faz tem a capacidade de rejuvenescer o seu cérebro. Elimine a crença de que ser multitarefas tem mais valor do que exercer uma tarefa, com consciência e excelência, por vez;
  • Desafie-se toda semana – faça um registro por escrito de seus sentimentos e pensamentos. Isso contribuirá para que você rastreie as raízes de suas crenças e possa ressignificá-las com mais eficácia;
  • Olhe no espelho e diga com verdade que se ama – você já ouviu dizer que o mundo te trata como você se trata? Pois é! Se amar acima de tudo não é egoísmo nem há nada de errado nisso. Quando você se ama, você se cuida, você se cura e automaticamente está cuidando de todos ao seu redor. Lembre-se do exemplo do avião: se algo de errado acontecer, para que você possa ajudar os outros, é preciso que primeiro você coloque a máscara de oxigênio em você;
  • Pratique a metacognição – essa é a capacidade de se observar com autopiedade para calar a sua autossabotagem. É como se você estivesse em uma banca analisando a sua performance, os seus pensamentos, sua comunicação e suas atitudes. Com esse exercício, você confronta a vitimização e reforça seus pontos positivos; 
  • Marque encontros esporádicos com a sua criança interior – escreva uma carta para sua criança, imagine-se conversando com ela, protegendo-a e oferecendo seu carinho, sua atenção. Diga à ela que ela não está sozinha, que ela é importante, que ela pertence à sua vida de maneira prioritária. Converse com a sua criança e vá limpando e curando todas as memórias de dor e traumas que ele experienciou e que você trouxe para sua vida adulta, e nesse encontro, libertem-se ( seu eu adulto e a sua criança) dos medos, das angústias, das mágoas e dores do passado. E deixem tudo isso no passado.

Muitos são os acontecimentos que marcam a nossa vida, de maneira que parece impossível se libertar deles. Mas neste artigo eu te mostrei que, tanto segundo a  Palavra de Deus quanto a ciência, é possível haver transformação real em sua vida por meio da transformação da sua mente.

O modo como você pensa e fala sobre si refletem em como você e as outras pessoas te enxergam. 

O modo como você percebe os acontecimentos de sua vida e como lida com eles no presente, interferem no que você experimenta no seu dia a dia. 

Por isso, imagine-se vivendo o seu milagre. Visualize o seu sonho e profetize que ele já está realizado.

Mais do que crer no seu sonho e em quem você é, valide-se e valide o seu sonho. Não deixe as distrações te atrapalharem. Aprove-se e não dependa da aprovação ou da crítica dos outros 

Perdoe-se e jamais esqueça do valor que você tem! Não fosse isso, você acha mesmo que Deus sacrificaria a vida do seu filho para salvar a sua vida se ela não tivesse um valor incomparável?

E por fim, você nem a sua realidade são casos perdidos. Existe muito mais para sua vida do que o que seus olhos conseguem enxergar. Por isso, creia e coloque em prática o que você aprendeu aqui. 

Certamente você verá resultados preciosos em pouco tempo. Esteja atenta! 

Aproveite essa meditação abaixo e viva uma experiência de restauração profunda, a partir do encontro com a sua criança interior.